Favicon iEducação
Search
Close this search box.

10 Brincadeiras Educativas em Família que Vão Virar Febre na Sua Casa

Publicidade

Eu não sei você, mas na minha casa, as brincadeiras educativas em família fazem toda a diferença. Esses momentos de diversão e aprendizado são incríveis para fortalecer nossos laços e estimular o desenvolvimento das crianças. Além disso, são uma ótima oportunidade para darmos uma pausa na correria do dia a dia e nos conectarmos com nossos filhos.

As brincadeiras educativas em família são fundamentais para o desenvolvimento cognitivo, emocional e social das crianças. Elas ajudam a estimular habilidades como criatividade, raciocínio lógico e cooperação. Sem contar que são uma excelente maneira de ensinar valores e princípios de forma divertida e prazerosa.

Quando brincamos juntos, também estamos criando memórias afetivas e fortalecendo os vínculos entre pais e filhos. E, cá entre nós, quem não adora ver o sorriso no rosto das crianças enquanto aprendem algo novo?

Publicidade

Neste artigo, compartilho com você 10 brincadeiras educativas em família incríveis que vão fazer a alegria da criançada e virar febre na sua casa. Prepare-se para se divertir, aprender e criar momentos inesquecíveis ao lado de quem você ama!

E você, já tem alguma brincadeira educativa favorita para fazer com sua família? Compartilhe conosco nos comentários! Estou ansiosa para saber as suas ideias e experiências!

Caça ao tesouro educativo

Participe do nosso grupo do WhatsApp e receba novidades, atividades, jogos educativos e recursos pedagógicos em PDF para imprimir!

10 Brincadeiras Educativas em Família que Vão Virar Febre na Sua Casa. Caça ao Tesouro.
Publicidade

A caça ao tesouro educativo é uma das minhas brincadeiras favoritas para fazer em família. Além de ser super divertida, ela ajuda a desenvolver habilidades como raciocínio lógico, leitura de pistas e cooperação. Vamos lá?

Para começar, você vai precisar de alguns itens como papel, caneta, objetos pequenos (que serão os “tesouros”) e um pouco de imaginação. Escolha um tema interessante e educativo, como o sistema solar, animais ou países do mundo.

Publicidade

Agora, é hora de criar as pistas! Escreva perguntas ou dicas relacionadas ao tema escolhido em pedaços de papel. Essas dicas podem ser charadas, desafios matemáticos ou até mesmo perguntas sobre história ou geografia. Seus filhos vão adorar aprender brincando!

Esconda os “tesouros” pela casa ou quintal, e coloque as pistas em locais estratégicos que levarão as crianças até eles. Por exemplo, se o tema for animais, uma pista pode ser: “Eu sou um mamífero e vivo no Polo Norte. Onde estou escondido?” As crianças terão que descobrir que o animal é um urso polar e procurar o tesouro na geladeira ou no freezer.

Reúna a família e explique as regras da brincadeira. Estabeleça um ponto de partida e entregue a primeira pista. A partir daí, é só se divertir e acompanhar a aventura das crianças em busca dos tesouros educativos!

E aí, o que acharam dessa brincadeira? Já fizeram algo parecido em casa? Contem nos comentários como foi a experiência e se tiverem outras sugestões de brincadeiras educativas em família, compartilhem conosco!

Teatro de fantoches para estimular a criatividade

Família se divertindo com fantoches
Publicidade

Outra atividade incrível para fazer com as crianças é o teatro de fantoches! Essa brincadeira estimula a criatividade, a expressão artística e a habilidade de contar histórias. Além disso, é uma excelente maneira de passar tempo de qualidade com os pequenos.

Para começar, você vai precisar de alguns materiais básicos para criar os fantoches. Você pode utilizar meias velhas, feltro, botões, lã, tecidos e tudo o que sua imaginação permitir. Incentive as crianças a participarem da confecção dos personagens, deixando-as escolher cores, formas e detalhes.

Com os fantoches prontos, é hora de criar a história! Proponha um tema e peça para as crianças desenvolverem o enredo. Estimule a imaginação delas, fazendo perguntas e sugerindo ideias. Lembre-se de que o objetivo é promover a criatividade e a expressão dos pequenos.

Agora que a história está pronta, prepare um pequeno palco para a apresentação. Pode ser algo simples, como uma cortina improvisada entre duas cadeiras ou um pedaço de tecido pendurado em uma barra. Convide outros membros da família ou amigos para assistir ao espetáculo e divirta-se com as aventuras criadas pelos seus filhos!

E aí, gostaram dessa ideia? Compartilhem suas experiências nos comentários e, se tiverem outras sugestões de brincadeiras criativas e educativas, não deixem de nos contar! Estou ansiosa para ler as histórias incríveis que vocês inventaram!

Jogo da memória gigante

Jogo da memória gigante. 10 Brincadeiras Educativas em Família que Vão Virar Febre na Sua Casa
Publicidade

Quem não adora um bom jogo da memória? Essa atividade clássica é um excelente exercício para desenvolver a memória e a atenção das crianças. Mas que tal inovar e criar um jogo da memória gigante para aumentar a diversão e o engajamento dos pequenos?

Para preparar essa brincadeira, você vai precisar de cartolina ou papelão, canetinhas ou tintas e tesoura. Primeiro, corte quadrados grandes (por exemplo, 15×15 cm) no material escolhido. Em seguida, desenhe pares de figuras, letras, números ou formas geométricas nos quadrados. Lembre-se de que cada desenho deve ter um par idêntico.

Espalhe os quadrados no chão com os desenhos voltados para baixo, de modo que fiquem bem misturados. Então, convide as crianças para brincar! O objetivo é encontrar os pares idênticos, virando dois quadrados por vez. Se os desenhos forem iguais, o jogador fica com o par e tem direito a outra jogada. Se não, deve virar os quadrados novamente e passar a vez ao próximo participante.

O jogo da memória gigante é uma ótima oportunidade para as crianças aprenderem enquanto se divertem. Além de trabalhar a memória e a atenção, essa atividade também ajuda no desenvolvimento do raciocínio lógico e da coordenação motora.

E vocês, o que acharam dessa brincadeira? Já experimentaram fazer um jogo da memória gigante em casa? Contem nos comentários como foi a experiência e compartilhem outras ideias criativas e educativas para fazer com as crianças! Estou ansiosa para saber o que vocês têm aprontado por aí!

Construção de uma cidade de papelão

Construção de uma cidade de papelão
Publicidade

Vamos colocar a mão na massa e criar uma atividade que estimula a criatividade e a imaginação das crianças? A construção de uma cidade de papelão é uma ótima maneira de passar o tempo juntos, ensinando habilidades motoras, planejamento e organização.

Para começar, você vai precisar de caixas de papelão de diversos tamanhos, fita adesiva, tesoura, canetinhas, tintas, pincéis e outros materiais de arte que você tiver em casa. Convide as crianças para pensarem juntas na estrutura da cidade: quais prédios e construções gostariam de criar? Pode ser uma escola, uma loja, um parque ou até mesmo uma casa mal-assombrada!

Depois de definirem a “arquitetura” da cidade, é hora de montar as estruturas com as caixas de papelão. Use a fita adesiva para unir as peças e formar as construções. Agora vem a parte mais divertida: decorar! Deixe as crianças soltarem a imaginação e criarem detalhes, como janelas, portas, árvores, placas e o que mais desejarem. Vocês podem utilizar canetinhas, tintas e outros materiais para dar vida à cidade de papelão.

Ao final da atividade, todos terão uma cidade incrível e personalizada para brincar e explorar. Além de estimular a criatividade, essa brincadeira também ensina sobre trabalho em equipe, responsabilidade e sustentabilidade, já que vocês estarão reutilizando materiais que iriam para o lixo.

E então, gostaram dessa ideia? Já construíram uma cidade de papelão com seus filhos? Compartilhem suas experiências e dicas nos comentários! Estou curiosa para saber o que vocês acharam dessa atividade e como foi a construção da cidade!

Pintura sensorial com os pés

Pintura sensorial com os pés
Publicidade

Que tal estimular os sentidos e a criatividade das crianças de uma forma diferente e divertida? A pintura sensorial com os pés é uma atividade que proporciona uma experiência única e ajuda no desenvolvimento de habilidades motoras, além de ser uma ótima oportunidade para passar um tempo de qualidade com os pequenos.

Para começar, você vai precisar de uma lona plástica ou um pedaço grande de papel resistente, tintas laváveis de cores variadas, pratos ou bandejas e, é claro, os pés descalços de todos que vão participar!

Espalhe a lona ou o papel no chão e despeje as tintas em pratos ou bandejas, separando-as por cor. Convide as crianças a mergulharem os pés na tinta e, em seguida, caminharem sobre a lona ou o papel, criando desenhos e formas com os pés. Vocês podem criar padrões, formas geométricas ou simplesmente deixar a imaginação fluir.

Ao longo da brincadeira, as crianças estarão explorando diferentes texturas e sensações, além de aprenderem sobre cores e misturas. Certifique-se de que todos estejam usando roupas que possam sujar e que a área escolhida seja fácil de limpar. E, claro, não se esqueça de tirar algumas fotos dessa experiência incrível!

E aí, o que acharam dessa brincadeira? Já experimentaram pintura sensorial com os pés antes? Contem suas experiências e dicas nos comentários! Estou ansiosa para saber como foi a atividade e que tipo de arte vocês criaram juntos!

Oficina de culinária saudável

Oficina de culinária saudável
Publicidade

A cozinha pode ser um espaço de diversão e aprendizado para toda a família! Uma oficina de culinária saudável é uma ótima maneira de ensinar às crianças a importância de uma alimentação equilibrada e, ao mesmo tempo, estimular a criatividade e desenvolver habilidades motoras finas.

Para começar, escolha algumas receitas simples e nutritivas que vocês possam fazer juntos, como saladas de frutas, sanduíches coloridos ou smoothies. Certifique-se de que as receitas envolvam tarefas adequadas para a idade e habilidades das crianças, como lavar frutas e legumes, cortar ingredientes com facas de segurança ou misturar ingredientes em uma tigela.

Prepare o ambiente da cozinha, garantindo que todos tenham acesso aos utensílios e ingredientes necessários. Mostre às crianças como seguir as etapas da receita, e encoraje-as a experimentar diferentes combinações de sabores e texturas. O objetivo é fazer com que elas se divirtam e se sintam envolvidas no processo de preparação das refeições.

Depois de cozinhar juntos, sentem-se à mesa e apreciem suas criações! Compartilhem impressões sobre os pratos e conversem sobre a importância de uma alimentação saudável. Essa é uma excelente oportunidade para criar memórias deliciosas e reforçar a conexão entre vocês.

E então, já fizeram uma oficina de culinária saudável em casa? Compartilhem suas experiências e receitas favoritas nos comentários! Estou curiosa para saber como foi a brincadeira e quais delícias vocês prepararam juntos!

Dança das cadeiras com perguntas educativas

Publicidade

A dança das cadeiras é uma brincadeira clássica e divertida que pode ser facilmente adaptada para incluir um toque educativo. Ao adicionar perguntas educativas ao jogo, você estará incentivando o pensamento rápido, a aprendizagem e a colaboração entre as crianças.

Para começar, organize as cadeiras em um círculo, com uma a menos do que o número de participantes. Escolha uma música animada e prepare uma lista de perguntas educativas relacionadas a temas que as crianças estão estudando ou a assuntos do seu interesse.

As regras são simples: quando a música começar, os participantes devem caminhar ao redor das cadeiras. Quando a música parar, todos devem encontrar rapidamente uma cadeira para sentar. A criança que ficar sem cadeira sai do jogo, e uma cadeira é removida.

Aqui está o toque educativo: antes de retirar a cadeira e recomeçar a música, faça uma pergunta educativa para o grupo. As crianças devem trabalhar juntas para encontrar a resposta correta. Isso incentiva a cooperação e o compartilhamento de conhecimento entre os participantes.

Repita o processo até que reste apenas uma cadeira e um vencedor. Lembre-se de que o objetivo principal é se divertir, então evite tornar as perguntas muito difíceis ou competitivas. Adapte o nível das perguntas à idade e ao conhecimento das crianças.

E aí, gostaram dessa versão da dança das cadeiras com perguntas educativas? Compartilhem suas experiências nos comentários! Quais perguntas vocês incluíram no jogo? Estou ansiosa para saber como foi a brincadeira e o que vocês aprenderam juntos!

Jogos de tabuleiro feitos em casa

10 Brincadeiras Educativas em Família que Vão Virar Febre na Sua Casa. Jogo de tabuleiro.
Publicidade

Jogos de tabuleiro são uma excelente maneira de reunir a família e proporcionar momentos de aprendizado e diversão. Que tal adicionar um toque especial e criar seu próprio jogo de tabuleiro em casa? Essa atividade permite que você adapte o jogo às necessidades e interesses de seus filhos, além de estimular a criatividade e o trabalho em equipe.

Para começar, reúna materiais como cartolina, papel, lápis de cor, canetinhas, tesoura e cola. Depois, sente-se com seus filhos e discuta o tema e as regras do jogo. Pode ser algo relacionado a um assunto que estão aprendendo na escola, um tema de interesse comum ou até mesmo algo completamente novo e criativo.

Desenhe o tabuleiro na cartolina, criando um caminho com casas numeradas ou coloridas. Crie cartas de perguntas e respostas, desafios ou ações especiais que se relacionem ao tema escolhido. Lembre-se de adaptar a dificuldade e o conteúdo das cartas à idade e ao conhecimento das crianças.

A seguir, crie peças de jogo utilizando papel, cartolina ou objetos reciclados. Você também pode usar peças de outros jogos que já possui em casa. Finalmente, estabeleça as regras, o objetivo e as mecânicas do jogo, garantindo que sejam claras e compreensíveis para todos os participantes.

Agora é só jogar! Reúna a família e divirtam-se explorando o jogo de tabuleiro que vocês criaram juntos. Aproveitem para aprender uns com os outros e fortalecer os laços familiares.

Gostou dessa ideia de criar um jogo de tabuleiro em casa? Compartilhe suas experiências e criações nos comentários! Estou curiosa para conhecer os temas e regras que vocês inventaram. E não se esqueçam de compartilhar o resultado com amigos e familiares!

Desafio do livro mágico

10 Brincadeiras Educativas em Família que Vão Virar Febre na Sua Casa. Livro mágico.
Publicidade

O Desafio do Livro Mágico é uma atividade lúdica e educativa que estimula a imaginação, a leitura e a escrita, além de reforçar o vínculo entre pais e filhos. Ao participar do desafio, as crianças terão a oportunidade de explorar novos mundos, criar histórias e personagens e compartilhar suas ideias com a família.

Para começar, escolha um livro interessante e adequado à idade dos seus filhos. Pode ser uma história já conhecida ou algo totalmente novo. O importante é que o livro desperte a curiosidade e o interesse das crianças.

Em seguida, proponha o desafio: cada membro da família deverá ler o livro e, depois, criar sua própria versão da história. As versões podem ser escritas, desenhadas ou contadas oralmente. Estimule a criatividade das crianças, permitindo que elas inventem novos personagens, situações e finais.

Reservem um dia para compartilhar as histórias criadas por cada um. Reúnam-se em um ambiente confortável e aconchegante, e deem a palavra aos pequenos autores e ilustradores. Elogie o esforço e a imaginação das crianças, mostrando interesse e admiração por suas criações.

Essa atividade também pode ser adaptada para diferentes idades e habilidades. Por exemplo, crianças menores podem criar histórias usando adesivos, desenhos ou recortes de revistas, enquanto os mais velhos podem escrever textos mais complexos e detalhados.

Gostou do Desafio do Livro Mágico? Comente abaixo como foi a experiência da sua família e quais histórias incríveis vocês criaram juntos! E não se esqueça de compartilhar essa brincadeira com outras mães e pais, para que mais famílias possam se divertir e aprender juntas.

Jardim sensorial caseiro

Jardim sensorial caseiro. 10 Brincadeiras Educativas em Família que Vão Virar Febre na Sua Casa
Publicidade

O Jardim Sensorial Caseiro é uma atividade educativa e divertida que estimula os sentidos das crianças, além de ensinar conceitos básicos de ciências e biologia. Montar um jardim sensorial em casa é uma ótima maneira de despertar a curiosidade e o amor pela natureza nos pequenos, além de proporcionar momentos de qualidade em família.

Para criar o jardim sensorial, você precisará de alguns materiais simples, como vasos ou recipientes, terra, sementes, plantas e objetos com diferentes texturas, cores e aromas. A ideia é criar um espaço onde as crianças possam explorar e interagir com elementos naturais, desenvolvendo suas habilidades sensoriais e motoras.

Comece escolhendo plantas e sementes que ofereçam experiências sensoriais variadas, como flores perfumadas, folhas de diferentes texturas e cores, e até mesmo ervas aromáticas e comestíveis. Inclua também objetos com diferentes formas e materiais, como pedras, cascas de árvores, pinhas e conchas.

Monte o jardim em uma área externa ou interna, desde que receba luz natural e seja de fácil acesso para as crianças. Incentive-as a participar do processo de plantio e cuidados com as plantas, ensinando sobre a importância da água, luz e nutrientes para o desenvolvimento das mesmas.

Com o jardim pronto, estimule os pequenos a explorar e descobrir o espaço, usando todos os seus sentidos. Proponha brincadeiras e atividades relacionadas ao jardim, como observar e identificar insetos, colher ervas para temperar os alimentos e até mesmo criar histórias e desenhos inspirados na natureza.

E aí, o que achou da ideia do Jardim Sensorial Caseiro? Compartilhe nos comentários como foi a experiência de montar e explorar o jardim com seus filhos, e inspire outras famílias a se conectarem com a natureza e aprenderem brincando!

Participe do nosso grupo do WhatsApp e receba novidades, atividades, jogos educativos e recursos pedagógicos em PDF para imprimir!

Conclusão: Como manter a chama da diversão em família acesa e a importância do engajamento dos pais

Manter a chama da diversão em família acesa é fundamental para fortalecer os laços entre pais e filhos e promover um ambiente saudável e harmonioso. O engajamento dos pais nas atividades e brincadeiras é essencial, pois é através da participação ativa e do exemplo que as crianças aprendem a importância da cooperação, respeito e amor.

Para manter essa chama acesa, é importante buscar sempre por novas ideias e atividades que envolvam a família toda, adaptando-se às idades e interesses dos filhos. A comunicação aberta e o diálogo são ferramentas valiosas para entender o que agrada e motiva cada membro da família, criando experiências significativas e enriquecedoras para todos.

Além disso, reserve um tempo de qualidade para passar junto aos seus filhos, estabelecendo momentos de conexão e interação, seja através de uma brincadeira, uma conversa ou até mesmo na realização das atividades diárias. Lembre-se de que a presença e a atenção dos pais são os maiores presentes que uma criança pode receber.

eBook: Conectar Pais e Filhos
Publicidade

Se você está buscando por mais dicas e orientações sobre como se conectar com seus filhos e enriquecer a educação familiar, o e-book “Conectar Pais e Filhos” é um guia completo e prático para te ajudar nessa jornada. Nele, você encontrará valiosos conselhos e estratégias para fortalecer os laços afetivos, melhorar a comunicação e criar momentos inesquecíveis em família.

Não perca a oportunidade de aprofundar seu relacionamento com seus filhos e transformar a vida de sua família. Adquira o e-book “Conectar Pais e Filhos” e embarque nessa aventura repleta de aprendizado, amor e diversão. Clique aqui para saber mais e garantir sua cópia!

E você, como mantém a chama da diversão em família acesa? Compartilhe suas experiências e dicas nos comentários abaixo, e não esqueça de convidar seus amigos e familiares para fazer parte dessa comunidade de pais engajados e conectados. Vamos juntos transformar a educação familiar e criar um futuro brilhante para nossos filhos!

<< voltar para a página inicial.

Publicidade
Autor(a)
Keila Cristina

Keila Cristina

Pedagoga formada pela Faculdade Uniron em 2020. Fascinada pelo estudo das competências humanas, criadora do Método SIMA, influenciada pela teoria construtivista de Jean Piaget e pelo sistema educacional de Maria Montessori, Keila acredita na importância da liberdade, da atividade e do estímulo para a procura do conhecimento e desenvolvimento físico e mental das crianças.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Confira as criativas lembrancinhas para o Dia do Livro que o iEducação elaborou. Baixe seu...
Veja os melhores modelos de Painéis da Cultura Indígena e monte a sua decoração temática....
Esses Desenhos para Colorir dos Povos Indígenas foram feitos para estimular a aprendizagem infantil. Baixe...
Confira as melhores atividades para o dia do livro infantil e explore a literatura para...
Acesse: Painel Dia do Livro para imprimir e baixe Modelos Incríveis para fazer o seu...
Aplique as melhores Atividades Lúdicas da Cultura Indígena na prática para ensinar de modo divertido!...
Veja os melhores Planos de Aulas da Cultura Indígena com os códigos da BNCC para...
Explore a Pluralidade cultural, ensine e divirta com as melhores Lembrancinhas para o Dia dos...
Veja as melhores brincadeiras indígenas para aplicar em sala de aula que o iEducação selecionou....
Confira as atividades de higiene bucal para ensinar de maneira divertida e envolvente sobre os...
Poxa, acabou 😔
PDF's Gratuitos do iEducação